Planear uma viagem a Edimburgo

Informação Adicional

  • Nome: Planear uma viagem a Edimburgo
  • Capacidade(s) linguística(s): ler; escrever; ouvir; falar
  • Duração: 3 x 60 minutos, mas variável dependente das circunstâncias individuais e grau de resultado esperado
  • Língua-alvo: Inglês ou outra
  • Recursos ICT:

    PC, acesso à Internet, dicionários online (pelo menos um), PowerPoint ou programa idêntico, projetor.

  • Competências ICT: Navegar/Pesquisar na Internet para obter informações sobre uma determinada cidade ou vila no Reino Unido. Preparar uma breve apresentação em PowerPoint relatando sobre as principais conclusões para persuadir seus pares sobre a escolha do local e atividades a realizar.
  • Situação / tema(s): Pesquisar as atrações de uma cidade ou vila do país da língua que se aprende (p.ex. do Reino Unido).
  • Requisitos do produto ou pré-requisitos: Os alunos já devem estar familiarizados com o vocabulário relacionado com os lugares e equipamentos existentes numa cidade, alojamento e transporte.
  • Eu posso...:

    Trabalhar efetivamente em grupo

    Compreender textos autênticos de sítios on-line relacionados com informações turísticas, locais de interesse, comodidades, etc.

    Produzir uma apresentação persuasiva sobre uma cidade

    Expressar-me com êxito na língua-alvo.

  • Produto: Uma apresentação de PowerPoint a ser apresentada aos pares. Alternativamente, esta tarefa pode ser uma retrospectiva e assumir a forma de um relatório de uma visita real e os alunos podem criar um filme do lugar que visitaram. Para produzir um filme utilizar os recursos TIC apropriados.
  • Requisitos do produto ou pré-requisitos:

    Os alunos já devem estar familiarizados com o vocabulário relacionado com os lugares e equipamentos existentes numa cidade, alojamento e transporte

  • Processo:
    • Os alunos (em grupos) são convidados a pesquisar e compilar uma lista de sites úteis para a tarefa.

      Para cada local, deve ser fornecido um resumo da informação que encontrada.

      Os alunos, compartilham e comparam seus resultados com outros grupos.   

      Grupos estendem ou corrigem, se necessário, a sua lista de sites original à luz do feedback do grupo, poderão encontrar novos sites para substituir os que foram rejeitados.

      De seguida a pesquisa detalhada é feita on-line para identificar os elementos chave do que constituiria uma visita à cidade bem-sucedida. Para fazer isso eficientemente, os grupos devem subdividir a pesquisa entre os membros do grupo.

      Para os alunos de nível A2 e para fins de revisão no nível B1, sugere-se uma sessão de brainstorming prévia por forma a rever vocabulário e determinar a divisão das tarefas.

    • O produto das pesquisas é então destilado numa curta apresentação de Powerpoint de não mais que 4 slides.

    • Os papéis a desempenhar nesta tarefa são negociados dentro do grupo.

      Os Powerpoint finais são apresentados aos pares. Cada aluno do grupo deverá falar durante o mesmo período de tempo.

    • Os grupos assistem às apresentações e fazem anotações das características de que eles gostaram / não gostaram.

    • Estes comentários são compartilhados com toda a turma. O professor deve apontar qualquer vocabulário chave ou estruturas que foram usadas durante toda a tarefa e ajudar com as dificuldades linguísticas.

  • Divisão de papéis (opcional): Grupos, idealmente de cerca de 4 ou 5 alunos, são atribuídos no início, de comum acordo ou pelo professor, conforme apropriado Os papéis dentro dos grupos são negociados pelo grupo, com o professor na qualidade de conselheiro, se necessário
  • Atividades sugeridas para consolidação ou continuação do plano:

    Os grupos veem e ouvem as apresentações e fazem anotações do que eles gostaram / não gostaram. Estes comentários são compartilhados com toda a turma. O professor deve apontar qualquer vocabulário chave ou estruturas que foram usadas durante toda a tarefa e ajudar com as dificuldades linguísticas.

  • Fatores de sucesso ou critérios de avaliação:

    Os alunos terão sucesso se alcançarem o seguinte:

     Compreendem o vocabulário e estruturas relevantes;

     Identificam as informações adequadas sobre a cidade

    Destilam as informações para destacar as principais características;

     Negoceiam papéis dentro do grupo;

     Apresentam de uma forma coerente e fluente;

     São persuasivos;

    São capazes de fornecer uma crítica construtiva em trabalho de pares;

    Agem em conformidade com o feedback fornecido fazendo alterações conforme necessário

  • Autores/as: John De Cecco, Lindsay Dombrowski
  • Conselhos práticos para os professores:

    Os alunos já devem estar familiarizados com as tarefas de busca na Internet, o software PowerPoint e como trabalhar em grupo.

  • Comentários metodológicos ou didáticos adicionais:

    Instruções claras sobre o que é necessário devem ser fornecidas, em particular, para limitar o tempo gasto a completar a pesquisa online. Cada etapa do processo para completar a tarefa (trilho de navegação) deve ser estabelecido com horários sugeridos para cada etapa.

  • Razões pelas quais esta tarefa é um modelo de melhores práticas:

    O vocabulário é relevante para uso futuro linguagem adulta.
    As competências em TIC são competências-chave para uso educacional, social e relacionado com o trabalho.
    A tarefa requer competências essenciais para trabalhar com os outros.

  • Impacto que se espera que tenha sobre as práticas e atitudes de ensino:

    A tarefa facilita a incorporação das TIC na sala de aula e incentiva o trabalho de colaboração.

    A motivação dos alunos é reforçada pelo desenvolvimento de competências úteis na vida real e que lhes servirão durante toda a sua aprendizagem ao longo da vida.

  • Razões pelas quais esta tarefa viaja bem:

    A tarefa incorpora muitas características significativas de competências linguísticas presentes nos currículos nacionais, o desenvolvimento de competências em TIC e de trabalho colaborativo.

     

    A situação específica, porém, pode ser modificada, adaptada ou expandida quando necessário, para atender às restrições curriculares, mantendo a essência dos produtos e competências da tarefa definidas. Tais alterações podem requerer adaptações dos níveis QECR. Na verdade, os níveis do QECR originais, como indicado para esta tarefa, não devem, por si só impor restrições sobre a gama de competências para as quais a tarefa é apropriada. Os professores deverão usar sua experiência profissional para determinar quais as modificações necessárias.

  • Fundamentação e/ou bases teóricas da tarefa: TBLT com recurso aos níveis de referência do QECRL.

Tarefas por tandem